realidade absurda: o negão roludo

Quem aqui nunca ouviu falar no folclórico negão roludo? (ou rolão negudo, para os íntimos.) Muitos, provavelmente. Mas aqui está uma história real, porém antiga envolvendo esse célebre personagem.

Era aniversário da M. , grande amiga, ano passado. Fui de carona com uns amigos enrolados e por isso, quando cheguei, a aniversariante já estava pra lá de bagdá. Sabe como é, é seu aniversário, as pessoas fazem fila pra te pagar bebida, uma tequila, duas tequilas, bagdá.

Era um barzinho meio caro, daqueles bem apertados e com mesinhas na calçada, uma emendada na outra pra caber todo mundo. Ali, perto da coluna, uma caixa imensa, coberta com um pano preto. Pra sair da mesa e pegar bebida ou ir ao banheiro era preciso necessariamente passar por ela. É claro que, diante de tal artefato, os bêbados começam a fazer piadas:

– nossa, olha isso.

– que que eles guardam aí dentro?

  aposto como é um negão roludo.

– não. É o cara com o maior pau do mundo. Ele vai pular pra fora só de sunguinha na hora do parabéns!

A aniversariante passa, em direção ao banheiro.

– Olha, M.! Tem um presente pra você ali naquela caixa!

– oba! O que?

– É o homem com o maior pênis do mundo!!

Ela passa se esfregando na caixa. Risadas gerais.

Conversa vai, conversa vem, chega mais gente. Chega um casal. Nós muito sociais e solícitos logo explicamos:

 Ta vendo aquela caixa? O cara que ta lá dentro tem o maior pau do mundo.

A menina responde:

– Não tem não.

Dito isso, todos nós levantamos e parabenizamos o namorado dela. Aquele lá dentro da caixa só pode ser o vice.

Anúncios

19 comentários sobre “realidade absurda: o negão roludo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s