ganhei, ó:

a dona Sonya Prazeres  viu meu nome de tela e acabou fazendo um poema. Mim feliz. mim muito feliz.

Czarina das quinquilharias
sabiá antes do parto
tropeça no mundo e desperta
devota flor do deus Khrisna
no melhor de seu disfarce

estreita dúvida
entre a lábia e o sábio
rima,
logo existe
e talvez por êrro de ótica
quis nascer rainha gótica

czarina
tem medo nem nunca
nem mesmo da noite escura
já  de menina namora
o canto da cotovia
sempre que a tarde moldura
saudade da vida vazia
na prata do porta-retrato

czarina
narinas ao vento
por dentro inventa perfumes
por fora cavalga cardumes
já desde moça carrega
na prega da canga da nuca
monstros e ogres de louça

pesca favas
pinta llamas
com óleos de seu santo cuspe
plasma palhaço e fantasmas

bijoux
quinquilha
estribilhos
de tudo faz reza
e filhos
de malabares em bares
voa palmeira nos ares
cospe o fogo das estrelas
depois afunda nas águas
se afoga entre chôro e sonhos
e de pronta
renasce pérola

Sonya Prazeres

Anúncios

14 comentários sobre “ganhei, ó:

  1. Olá, Czarina.
    Aos poucos consigo ler todos os textos que você publicou antes que eu viesse a conhecer seu blog…e cada dia gosto com muito mais força do que leio.
    Me diverti muito quando li as suas frases em “A conta do dia”, são sutis, simples e engraçadas muitas vezes. Acho que sempre sinto um gostinho de Mário Quintana quando venho aqui (e como eu amo esse cara!).
    E seus livros? Já chegaram às suas mãos?
    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s