só para matar o tempo

Caramba, a publicidade (como se eu não fizesse parte) adora uma data comemorativa. E dá-lhe promoção de dia das mães, dos pais, da criança, da secretária…

Porque esse preconceito com o dia de finados?

Imaginem as possibilidades:

– promoção de celulares

Não vai sobrar um Vivo pra contar a história. Aparelhos com até 50% de desconto!

 – varejo

Cremação de estoque! Colocamos nossos preços 7 palmos abaixo do resto do mercado.

 Neste feriado de finados não vai faltar galinha morta.

– baladas

Venha sacudir o esqueleto!

Não fique segurando vela. Viúvas entram de graça até a meia-noite.

Vivos: R$20

Mortos: R$ 0,00

Zumbis pagam meia.

Viagens e lazer

 Aqui a alegria não morre nunca!

Nesse feriado, descanse em paz.

ONGs

 Neste finados, ajude a afastar o fantasma da fome.

Ajudar não mata. Muito pelo contrário.

 – funerárias

O segundo enterro é por nossa conta. *

Nenhum cliente jamais voltou para reclamar.

floriculturas

Traga o atestado de óbito e ganhe 25% de desconto.

– agências de propaganda

Aproveite que vai trabalhar no feriado e crie o seu fantasma.

– motéis

travessuras ou e gostosuras.

Venha tentar uma nova posição: decúbito dorsal.

– concurso cultural

Os autores dos melhores epitáfios ganham uma viagem para comemorar o dia dos mortos no méxico com tudo pago!

– concessionárias

Fizemos de tudo para que só a gente lembrasse de você no dia de finados: Descontos em todos os carros com airbags laterais.

– shoppings

No próximo funeral, não deixe o corpo ser o único presente.

– academias

 Aproveite o feriado de finados e ressuscite seu espírito esportivo.

– lojas de roupa

Muito mais estilo na hora de abotoar o paletó.

plof, morri.

(desculpem essa. é que o post precisava de um final trágico…)

—-

*essa é do @danielvann 🙂

Anúncios

7 comentários sobre “só para matar o tempo

  1. SABEDORIA

    A sabedoria não pode ser tirada de fatos da vida real e nem da vida cotidiana, ela nasce de uma decisão disciplinada, não lógica, más aplicada de uma inspiração ou de uma visão, ampla e não preconcebida. De um resultado prático apurado passo a passo e acompanhado na mais pura concepção do que virá após uma decisão, mais do que acertada, que se resume entre seres humanos, ajudar sem atrapalhar, compreender e ser compreendido e entender e ser entendido. Numa visão científica, a sabedoria exprime a razão da mais pura visão de um resultado matemático de uma equação da vida que não podemos mudar, mas podemos resolver com sabedoria e inteligência. Portanto a sabedoria pode ser aplicada, conforme a situação, para o presente e futuro. Quer um exemplo? A violência é fruto da falta de sabedoria do ser humano. Quem pratica pode ser domado, não pela exclusão, mas pela inclusão. Quem tem de onde tirar o seu sustento, não me refiro à venda do tráfico, mas falo de um emprego justo e honesto, não pratica a violência, mas a exclusão, a omissão e a descriminação contra quem nada tem, é uma fonte enorme de geração da violência. Não descrimine, procure resolver a equação da miséria, ouvindo e aconselhando. A instrução não exprime sabedoria, não devemos confundir saber com sabedoria. A sabedoria é outra coisa, é definir de forma inteligente o que vem ou virá de forma, não preconcebida ou preconceituosa, mas matemática, porque a vida é uma equação para ser resolvida e o resultado não deve e não pode ser alterado. Tirar vantagens não pode ser um resultado de uma equação da vida. Compreender sim para que faça ser entendido. Não compreender por lapso ou por raciocínio curto, não se aplica a prática da sabedoria. Se não tem, procura ter. É uma questão de vontade e interesse. Começa por um longo estudo de tudo que se encontra entre nós. Não podemos aplicar a sabedoria sem um estudo exaustivo de tudo que podemos alcançar com os nossos olhos e suas origens. Qualquer equação matemática pode ser resolvida com a sabedoria, com, apenas, pelo estudo do único resultado que poderá ser obtido. É como se aplicar na vida, uma direção, um destino e um resultado. É como a mira de uma arma. Olhou, mirou a mosca, desfira o tiro. Entenda que antes de tudo, devemos estudar tudo que se encontra ao nosso lado. Lembre-se que o descobridor da lei da gravidade a descobriu por causa disso, por uma queda da maçã na sua cabeça, parou para estudar, de forma minuciosa, o porquê daquela forte pancada, pois não era tão pesada, a dita fruta, para causar tal estrago na sua cabeça. Se fossemos imaginar como fatos da vida real, claro que o que cai, onde bater dói. É um grande exemplo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s