na falta de um título melhor

Me bota no colo,

Me roda feito uma boneca

Me dê um tapa nas costas

Me faça cuspir moedas

( américa-quatro-dólares-e-vinte-e-sete-centavos)

Eu não sei,

É que eu me sinto assim de repente

A troco de nada

Sem valor, vazia, esvaziada

Me bota no colo,

Eu só quero ser cuidada

E essas unhas vermelhas me doem

E olha que é só tinta.

eu acho que já sei porque os poetas eram todos uns tuberculosos

é que a poesia não passa disso

desse cospimento de sangue

Me bota no colo,

Corta uma laranja

E me falsifica um tang

Eu não quero ficar doente

(o tempo urge, a vida ruge, as febre, rouge)

Eu tenho uma deficiência de vitamina C

Ou não sei, vamos dizer apenas

Eu tenho uma deficiência.

Me bota no colo

Me leva na feira

Vamos comprar abacates

Pepinos batatas roxas

Todas as verduras a la carte

Deixa eu morar na sacola listrada de lona

As sacolas de lona são tão bonitas

E eu sei muito bem que as sacolinhas plásticas

São os chapéus favoritos

Dos suicidas.

Anúncios

curtelhas

A menina do coração de pretzel

Tem lágrimas mais salgadas do que a média.

 **

As mulheres minhoca

Por mais que você confunda

lá é a cara,

aqui é a bunda.

 ** 

Sístole-diástole

coração,você devia era tocar no olodum.

 ** 

Nossos piores erros são como soluços.

A gente jura que parou

E então faz de novo.

 ** 

Não fosse a estupidez, eu seria tão sozinha.

seção auto-ajude-se

Mantras da reparação

(conforme ditados por bullah bakula,o buda das bermudas.)

 

01

Seja capaz de sustentar um olhar.

Não se preocupe, piscar é permitido.

Tome banho, limpe as unhas, se olhe no espelho, nem que seja preciso fazer disso sua cruzada diária.

A tristeza tem a mania de engolir as coisas

Começa com a felicidade e parte para a vontade, o cuidado, o apetite.

Xingue o quanto for necessário.

Pontue suas frases com merdas e filhadaputas e depois gradualmente vá diminuindo as doses.

Guarde o inominável em um vidro no sótão.

Mais cedo ou mais tarde você esquecerá que ele está lá.

Pare de tentar controlar o que sente o tempo todo.

Se sentir a necessidade de doer, doa.

Doa direito,do jeito certo, com cuidado e dedicação

Pra acabar mais rápido.

Não enxugue lágrimas, deixe que elas se suicidem a partir do seu queixo.

Não tenha vergonha das próprias vísceras

Mesmo que alguém as olhe fixamente pelo buraco do seu umbigo.

Se sua história não lhe agrada, encontre outra.

Leia um livro, veja um filme, seja um compulsivo.

Um pouquinho de alienação nunca fez mal a ninguém.

Perdoe o imbecil.

Aproveite o clima de perdão e aleluia e perdoe-se também.

Preste muita atenção em quantas vezes você pensa a mesma coisa todo dia.

A recorrência é tediosa e logo você voltará a ter com fome do mundo e do resto todo

(como os outros planetas do sistema solar e as naves alienigenas)

Talvez em breve você constate que ser feliz é tão mais fácil.

 

Olhe no espelho e leia o que está escrito

De uma vez só

e em apenas um grito.

 

02

Deixa o cabelo escorrer pela testa

Despe um ou dois sentimentos antes de sair de casa,

É impossível pisar o asfalto sem perder algum tipo de virgindade.

Canta no banho ou na rua

Pinta um quadro mesmo com a consciência de que ele vai ficar horrível

E, maldade das maldades, dê pra alguém que goste de você

E fique olhando ele dizer como ficou bonito.

De quando em quando, cause constrangimento perguntando se sua obra já foi fixada numa parede de destaque.

As casas mais felizes são coalhadas de retratos feios, explosões abstratas e cestas de frutas.

Envernize seus infortúnios, eles darão as melhores piadas de salão.

Preste atenção às pessoas em volta e,de vez em quando, tente lembrar de todas as pessoas da sua classe do primário e do rosto de todo mundo do seu escritório.

Só pra evitar que, quando você precisar delas, suas memórias não fiquem tão cheias de figurantes escolhidos às pressas quanto a lanchonete de Malhação.

Não seja pretensioso a ponto de se sentir mal por ser melhor do que alguém em alguma coisa.

A quantidade de variáveis torna impossível que essa mesma pessoa não te bote no chinelo em uma meia dúzia de outras coisas.

Se tiver menos de 5 anos,

Coma tinta.

Você nunca mais terá essa oportunidade.

Pelo menos não sem se sentir ridículo ou ser recriminado.

Não se assuste se parecer que a vida está se fechando sobre você como um torniquete

Significa apenas que você é real demais para seguir vivendo em uma casinha de bonecas.

Tenha certezas irracionais e objetos inúteis.

E, ao menos uma vez na vida,

Não seja tão covarde.

 

Olhe no espelho e leia o que está escrito

Dez vezes, dez mil vezes,

Até o infinito.